Governo confirma novo reajuste no combustível, poderá haver redução

Publicidade



É possível que o preço do combustível, gasolina caia em média 21%, passando de R$ 7,39 para R$ 5,84 na média nacional

Segundo dados divulgados pelo Ministro de Minas e Energia Adolfo Sachsida após a aprovação do governo das medidas propostas pelo Congresso Nacional, é possível que os preços da gasolina sejam reduzidos em média 21%. Se isso realmente acontecer, o combustível pode cair de R$ 7,39 para R$ 5,84 na média nacional.

Na última terça-feira (28), em audiência pública na Câmara, o ministro apresentou previsões levando em conta a aplicação da Lei Complementar 194/2022, que limita a cobrança do imposto sobre bens e serviços entre 17% e 18% (ICMS ) em combustíveis, comunicações, eletricidade e transporte público.

Os cálculos também incluem medidas para tributação do diesel, que estão em discussão no Supremo Tribunal Federal (STF).

Valor do diesel

Segundo Sachsida, os dados apresentados indicam um pequeno impacto na redução do preço do diesel. Isso porque, segundo o Poder Executivo, os tributos federais já estão zerados.

Portanto, na previsão apresentada, o valor calculado para o preço do diesel B S-10 poderia passar de R$ 7,68 para R$ 7 Aumento de R$ ,55 . Portanto, o potencial de redução dos preços médios nacionais deve atingir 1,7%.

Gás de cozinha e Etanol

Além disso, foram feitas previsões para o etanol e o gás de cozinha, que também sofrerão redução de preços após as ações do governo. Assim, o álcool deve passar de R$ 4,87 para R$ 4,57 com potencial de redução de 6,1% em relação à média nacional.

Quanto ao Gás Liquefeito de Petróleo (GLP), conhecido como gás de cozinha, segundo os dados mostrado, o preço médio calculado atualmente pode passar de R$ 112,70 para R$ 110,07, com redução de 2,3%.

Além disso, de acordo com Sachsida, os impostos federais cobrados sobre a garrafa de 13 kg foram definitivamente zerados.

Pedro Henrique

Redator do site, formado em publicidade e propaganda, sempre trazendo as melhores notícias, dicas, aplicativos e finanças para o leitor. Acredito que a educação e a informação mova o mundo.